Querido futuro marido,
Eu ainda não estou pronta para ser sua. Permaneço esperando você com paciência, mas reconheço que ainda não me tornei quem devo ser para estar ao seu lado. Não estou dizendo que estou tentando me tornar outra pessoa, pelo contrário, o que estou tentando dizer é que estou em processo de aperfeiçoamento, assim como você também está. E também não estou dizendo que estou em um processo para ser perfeita, mas para ser alguém melhor.

Estou lendo o livro “Eu disse adeus ao namoro” de Joshua Harris, você conhece? Ele tem me ensinado algumas coisas importantes e é por isso que reconheço que ainda não estou preparada para você. Não quero alguém ao meu lado baseada em incertezas, se ficará ou não para sempre. Quero alguém ao meu lado que tenha os mesmos propósitos que os meus e que aceite com amor um compromisso que dure até a eternidade: o casamento.

O problema? Estão colocando em outdoors a imagem de que o casamento é um conto de fadas e que se não houver o felizes para sempre, é melhor que seja passado para trás. O problema maior? Estão acreditando. Mas o que pode ser considerado uma verdade para o outro, pode ser considerado uma não verdade para mim. Você quer saber se eu discuto ou condeno o outro por isso? Ah, não. Isso não é necessário. Mas se me convidarem para uma conversa franca com um chocolate quente em um dia frio ou com coca-cola acompanhada de mini coxinhas em um dia quente, irei, com cautela, dizer o porquê de acreditar tanto assim no amor e no casamento.

Eu me recuso a alimentar essa ideia errônea de que o amor é suficiente para sustentar um casamento. O amor é essencial, mas não é tudo. Acredito que um dos maiores erros que posso cometer é acreditar que estou pronta para me casar sendo que não possuo os atributos que uma esposa deve possuir. Quando você errar, serei compreensiva e irei perdoar? Quando você estiver estressado e exausto por mais um dia de trabalho, serei quem dará a você descanso ou serei adepta de discussões por não estar recebendo a sua atenção? Quando você esquecer de comprar as fraldas dos nossos filhos no caminho do trabalho de volta para casa, irei entender ou jogar em sua cara os seus esquecimentos e falhas diários? E você, será paciente quando eu chegar de mais um dia de serviço de mau humor? Você será sábio quando eu errar? Você irá me perdoar quando eu falhar?

O “sim” que iremos dizer um para o outro perante Deus e às pessoas próximas e que amamos não será dito apenas uma vez, mas todos os dias das nossas vidas. Viver a dois não é brincadeira de criança, não é fazer birra e bater o pé quando eu achar que você está errado e me decepcionar, não é fazer cara feia quando eu discutir por algo bobo, não é virar as costas quando o meu mau humor afetar o seu bom humor e muito menos abandonar o barco quando a tempestade estiver forte e sem previsão de quando irá cessar.

É por isso que o nosso casamento deverá estar sustentado em uma base sólida. E essa base não será um conjunto de presentes caros ou jantares românticos à luz de velas, mas Deus. Quando afirmo não estar preparada para ser sua, significa que não posso esperar para ser uma mulher melhor apenas quando encontrar você e dizermos “sim” um para o outro. Quero ser uma mulher melhor hoje, você entende, certo?! Porque é isso o que ambos devemos querer e, principalmente, é isso o que Deus quer.

Eu não tenho a certeza se, de fato, irei encontrar você. Talvez, o casamento não esteja incluso no propósitos de Deus para a minha vida e se não estiver, não me desespero por isso. Mas se esse compromisso tão bonito entre duas pessoas que se amam estiver incluso nesses propósitos, preciso que você saiba que não quero tê-lo ao meu lado para satisfazer os meus caprichos – se fosse assim, melhor que eu permanecesse sozinha – quero tê-lo ao meu lado para fazê-lo mais feliz, amá-lo e respeitá-lo, cuidá-lo e perdoá-lo quando necessário, não por alguns meses ou por alguns anos, mas até o fim de nossas vidas… Aqui.

Eu ainda não estou pronta para ser sua, mas saiba que não espero conhecê-lo para honrá-lo, mas o honro agora, enquanto o espero.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Laureane Antunes
Colecionadora de sonhos, não importa o quanto pareçam bobos, a vida é dura demais para ser vivida sem sonhar. Da minha fé, faço poesia, assim a eternizo em minhas palavras. Estou por aqui apenas de passagem, o Céu me aguarda.

COMENTÁRIOS