Talvez eu devesse sentir raiva, querer fugir da realidade em um copo de bebida, sair com os amigos e conhecer gente nova.

Talvez, para muitos, esteja agindo mal por de fato não parecer bem, afinal, em um mundo de tantos disfarces, é mais fácil fingir que a gente superou tudo e que estou “pronta para outra”.

Mas, sabe, quando nossa história teve fim, eu achei que não iria suportar a dor da saudade. Foram dias e dias pensando em você e adormecendo, enquanto revia alguma foto ou lembrança nossa.

Depois de um tempo, percebi que tudo aquilo estava me ferindo cada vez mais e que, embora tenhamos sido inteiros, foi mais saudável chegar ao fim. Nossa história foi bonita, confesso.

Impossível me esquecer da nossa cumplicidade, do nosso carinho, e é por isso que eu faço questão de guardar essas lembranças boas, não como saudade, mas como aquele sentimento bom de respeito por quem fez parte da minha história, de alguém que, por muito tempo, transbordou-me. Fui feliz.

Mas, hoje, você está aí e eu aqui. Você, cuidando dos seus sonhos, e eu dos meus. Mas eu sei, ainda torcemos um pelo outro, porque é isso que o amor nos ensinou: a felicidade do outro também é a nossa. E só eu sei o quanto cada coisa conquistada por você o tem feito feliz.

Alguns dizem que é impossível manter todo esse carinho depois de um término, mas eu digo que, talvez, essas falas sejam respaldadas por quem desconheçam verdadeiro amor.

Não consigo ignorar e simplesmente apagar da minha história alguém que fez parte dela de um jeito tão bonito. Não tem como esquecer os desejos um do outro e como você gosta de suco de laranja. O quanto você odeia dieta e como ama brigadeiro. O que podemos fazer é acomodar todo esse sentimento, sem que ele se torne raiva e sem que se torne uma angústia que nos consuma pouco a pouco.

Então, eu lhe desejo força para enfrentar qualquer tempestade que possa surgir e que você não desmorone quando tudo parecer ir mal. Eu desejo uma fé inabalável, na vida, nas pessoas e no amor; que os dias floresçam e você sempre consiga contemplar as belezas dessa vida.

Para pessoas como eu e você, sempre existe algo bom à espera. Eu sempre irei me lembrar de você quando for ao supermercado e vir o seu chocolate favorito – é uma saudade boa.

Que nós possamos ser uma lembrança boa um para o outro. Lembre-se da sua coragem e de que o seu sorriso é capaz de conquistar o mundo. Prometo me lembrar do quanto sou forte e de como o meu jeito é mesmo encantador.

Obrigada por me ensinar tantas coisas, obrigada por trilhar junto comigo até aqui. Eu só quero que saiba que eu não me arrependo de ter tido você comigo e, talvez, se eu não dissesse isso a você, eu me arrependeria.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, 22, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.

COMENTÁRIOS