Não more sozinho numa historia de amor. – Zack Magiezi

Quanta insistência em quem insiste em partir hein? Esse coração aí está gritando por um nome que não merece o teu cuidado e o teu amor. Acredite: transformar isso em raiva também não irá ajudar em nada. O contrário do amor não é o ódio, mas sim a indiferença. Talvez seja por isso que esse alguém tenha sido tão indiferente não é mesmo?

Eu sei que você jura e acredita que isso é amor e eu não estou aqui para desconstruir o que você sente, mas para te fazer pensar o quanto amor é pra dois e não apenas para um. Eu estou aqui para tentar abrir os seus olhos e te dizer num papo de amigo mesmo o quanto você merece mais do que as desculpas que tem recebido.

Porque se contentar com mensagens esporádicas? Com quem insiste em pedir um tempo e diz não saber o que quer? Deixa ir. Não alicerce seus sonhos ou teça planos ao lado de quem não quer caminhar junto com você.

Dói eu sei sentir que estamos fazendo de todo o possível, que estamos lutando para ser a nossa melhor versão e sentir que isso não é suficiente. Dói não entender os porquês e os motivos para não ficar, quando a gente tem todos os motivos para não ir.

O problema não é você, não é o amor e muito menos o cupido. O problema é você ainda insistir em algo que não é amor. Continuar se machucando e acreditando que pode ser diferente e que talvez esse alguém mude de ideia sobre vocês.

Então, faça um favor a você: Se ame e deixe ir quem não lhe ama. Não insista nessa ferida que só machuca e nada acalenta que só esmaga as suas esperanças e crenças sobre o amor.

O amor é uma via de mão dupla, o amor é reciprocidade, não permaneça onde o esforço e os cuidados partem apenas de um lado – o seu – vá trilhar outros caminhos, recomece e escreva outra história em que o verbo amar seja conjugado em nós, e não apenas no eu. Faça um favor a si mesmo (a): Não peça, não implore nem rasteje para alguém permanecer em sua vida, você merece alguém que fique sem precisar pedir, que não minta ou te engane. Você merece alguém que te ame.  Então, não more sozinho numa história de amor porque isso é solitário demais.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, 22, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.

COMENTÁRIOS