“Foi para o meu benefício que tanto sofri. Em teu amor me guardaste da cova da destruição; lançaste para trás de ti todos os meus pecados. ” (Isaías 38:17)

Quando entreguei meu caminho ao Senhor, e permiti que ele tomasse conta da minha vida, percebi que Ele começou a agir. Percebi que cada coisinha que aconteceu, me levaram a uma vida de maior comunhão.

Primeiro, a gente sempre questiona. Pensamos que não merecemos a situação que está acontecendo, e perdemos as esperanças diante de tantas dificuldades. Erramos muito em acreditar que uma vida com Deus está imune a ter problemas. Pois sim, os problemas virão independente da nossa comunhão com Ele. A diferença, é que diante de um problema, se temos comunhão com Deus, temos esperança.

Quando vejo Deus olhando para minha vida, sabendo o final de tudo, tenho que entender que os propósitos dEle são bem diferentes, e que Ele sabe de tudo. Já orei pedindo a Ele que a minha vontade fosse feita. E muitas vezes, Ele respondeu “não”. Mas estar com Deus é entender que se minha vontade for feita, é porque é o melhor para mim. Ficarei feliz. Mas se minha vontade não for feita, é porque a vontade dEle é maior e melhor para minha vida. É difícil entender, visto que temos uma visão limitada, e visto que nos contentamos com pouco.

Num término de relacionamento, por exemplo, temos todas as fases do luto. E em uma delas, não entendemos porque algo tão bom acabou. Não vemos por onde podemos ter um relacionamento melhor do que tínhamos. Mas deixa eu te contar algo… Deus surpreende. Deus é criativo. Ele ama criar. E ele vai dar um jeitinho de fazer algo melhor na sua vida, mesmo que para isso, Ele tenha que tirar alguém da sua vida. E quando Ele tira, ou Ele devolve melhor, ou Ele abre portas para levar a algo melhor.

Vendo isso, parei de orar para Deus fazendo minha vontade e comecei a orar: “ Deus, faça a tua vontade, e alinhe a minha vontade a tua”. Foi aí, na minha dificuldade, que Deus sorriu para mim. Foi quando eu estava sem esperanças, mas entendi que Deus tinha algo melhor, que Ele olhou para mim dizendo “Eu estou aqui”. E quando Deus toma a frente, as coisas começam a acontecer. A tristeza vai passando e dando lugar ao entendimento e a calmaria. E para quem já esteve desolado, sabe qual a sensação de a paz tocar seu coração.

Sem o sofrimento, eu jamais entenderia os planos de Deus, jamais alcançaria tal comunhão de saber que mesmo na tristeza, Ele estava ali, e que permaneceria na alegria. Errei por minhas escolhas, mas uma hora, Deus tomou o volante da minha mão e pediu para me guiar. Bastou eu deixar, que tudo tomou seu devido lugar.

Foi para o meu benefício que tanto sofri. Em Teu amor, Tu me moldou através da dor. Me lapidou, através da tristeza, e permaneceu comigo, depois de sorrir e me devolver o meu sorriso.

Série: A paz de estar em par com Deus

Texto 5/6

Texto 6: A paz de estar em par com Deus

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Gabriele Sauthier
Com 23 anos é formada em Biologia, mas apaixonada por animais desde criança. Sempre a mais alta da turma, ama estar com os amigos e também ama dias nublados, tocar violão, café e livros. Procurando sempre estar em contato com a natureza, admira as flores e qualquer ser vivo.

COMENTÁRIOS