Eu não sei por quais caminhos ela precisou percorrer até encontrá-lo. Não sei quantas vezes tropeçou em pequenas pedras e caiu, também não sei se em alguns momentos dobrou para a direita ou para a esquerda, quando deveria ter seguido em frente. Não sei se sentiu perdida ou se olhou ao seu redor e se deu conta de que estava sozinha, ou pelo menos era o que achava. Não sei se precisou conhecer a dor e a decepção para que o seu coração pudesse reconhecer o valor da esperança e da fé. Não sei quais medos precisou deixar de lado ou se precisou os deixar de lado. Não sei quais lições Deus a ensinou para ser a mulher que é hoje e quantas vezes Ele a mostrou o valor que tem. Para ser sincera, não sei de muitas coisas, mas sei que ela sabia que Deus a guiaria a alguém digno de fazê-la mais feliz.

Ele estava a esperando, não sabia quando chegaria, mas sabia que seria no momento certo. Não sabia como ela era – fisicamente falando -, mas sabia que seria linda de qualquer forma e, principalmente, o seu coração a reconheceria. Isso não é tão difícil de se imaginar, certo?! Até mesmo aqueles que o conhecem pouco, sabem que o seu coração é romântico. Assim como ela, ele precisou percorrer alguns caminhos até encontrá-la. Não sei se foram caminhos complicados ou tranquilos. Não sei se, em algum momento, se perdeu e precisou recomeçar, também não sei se precisou aprender lições importantes do jeito mais difícil, mas sei que seja o que for que a sua história diz, o tornou melhor. Eu não sei se ele pensou tanto assim nisso, mas eu penso que Deus estava o preparando para encontrá-la, assim como ela também estava sendo preparada para encontrá-lo. Nada poderia ser feito de qualquer forma, não para Deus.

No tempo certo, a vida dos dois se encontraram e a partir desse momento nada mais seria o mesmo. Eu não sei quando, onde e como o amor despertou para os dois, mas sei que no momento em que perceberam que o coração de um chamava pelo coração do outro, é porque estavam prontos. Eu também não sei o que precisaram enfrentar, não sei quantas vezes o amor de ambos foi provado para que se fortalecesse, não sei quantas vezes houveram desentendimentos por coisas pequenas ou se em algum momento pensaram em desistir, mas de uma coisa eu sei, ou melhor, tenho certeza, Deus estava e continua cuidando.

O grande dia

O Céu inteiro aguardava por esse dia e quando chegou, imagino que todos estavam apenas esperando o “sim” ser dito por ele e ela. Estava tudo feito e a partir daquele dia os dois se tornariam um só. Ele a esperava e então, sem muitas delongas, ela estava indo em direção ao seu encontro.

Eu a vi entrar e no mesmo instante olhei para ele. Eu não podia deixar de observá-los durante tudo isso. Ele a olhava com amor e ao mesmo tempo admiração. Ela estava linda, cantava e sorria, sabia que aquele era o seu momento. Quando se aproximaram era como se nada mais importasse, como se conversassem através do olhar e quem estava ao redor não entendia o que diziam um para o outro. E tudo bem, melhor assim, algumas coisas não precisam ser compartilhadas com o mundo. Ela fazia questão de segurar a mão dele durante a cerimônia e aquele gesto carinhoso me fez pensar o quanto o amor é simples. Ele disse “sim, aceito”. Ela disse “sim, aceito”. De repente, as luzes se apagaram e ele a surpreendeu cantando que ela era a dona do seu coração. Ele leu o seu discurso, que a propósito tive a honra de escrever e, finalmente, ouviu o “pode beijar a noiva”.

Ah, o meu coração, se pudesse, teria saltado e aplaudido de pé. Talvez, o Céu inteiro tivesse feito isso. Não havia muito o que dizer, um não fez promessas impossíveis de serem cumpridas para o outro, não deixaram de ser quem eram, mas também não permaneceram da mesma forma. Cresceram juntos e continuarão crescendo, amando, respeitando e cuidando um do outro. O “sim” foi dito naquela cerimônia, mas continuará sento dito um para o outro por todos os dias da vida de ambos. É como canta Warren Barfield: “O amor não é um lugar para ir e vir quando quisermos, é uma casa que entramos e nos comprometemos a nunca partir”.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Laureane Antunes
Colecionadora de sonhos, não importa o quanto pareçam bobos, a vida é dura demais para ser vivida sem sonhar. Da minha fé, faço poesia, assim a eternizo em minhas palavras. Estou por aqui apenas de passagem, o Céu me aguarda.

COMENTÁRIOS